Cotidiano

OMS contata Reino Unido sobre nova cepa do coronavírus

Após a identificação de uma nova variante do coronavírus em circulação no Reino Unido, a Organização Mundial da Saúde (OMS) entrou em contato com o país para levantar informações.

“Eles [os especialistas do Reino Unido] vão continuar a compartilhar informações e resultados das análises e estudos. Nós vamos atualizar os Estados membros [da OMS] e o público quando soubermos mais sobre as características da variante do vírus e as suas implicações”, divulgou a OMS.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, sugeriu que a nova mutação pode ser até 70% mais transmissível, segundo análise preliminar. De acordo com o portal Bem Estar, o premiê ainda disse, no sábado (19), que os planos para aliviar as restrições de circulação durante o Natal seriam cancelados como tentativa de frear a disseminação do vírus.

Até o momento não há informações suficientes e nem evidências que indiquem que a variante provoque casos mais graves ou com maior índice de mortes. Também não há evidências de que a cepa seja resistente às vacinas.

Os cientistas do Sage, um grupo de pesquisadores independentes do Reino Unido que aconselha o governo, afirmam que todos os vírus sofrem mutações, e a maioria delas só deixa o vírus disfuncional, traz a reportagem.

BN

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo