Cotidiano

México começa a imunizar população contra a Covid-19 na véspera do Natal

O subsecretário de Saúde do México, Hugo López-Gatell, anunciou que o país dará início à vacinação contra a Covid-19 na quinta-feira (24/12) logo após a chegada da primeira remessa da vacina desenvolvida pela parceria alemã-americana Pfizer/BioNTech. A informação foi revelada por meio das redes sociais nesta quarta-feira (23/12).

“Amanhã (quarta-feira) chega o primeiro carregamento com a vacina da Pfizer contra SARS-CoV-2 (…) Haverá uma demonstração para a imprensa e as doses ficaram guardadas até o uso na quinta-feira, 24 de dezembro, dia do início da vacinação”, explicou López-Gatell no Twitter.

 

O governo mexicano determinou que as primeiras dose do medicamento serão destinadas ao profissionais da saúde que atuam diariamente no combate a pandemia. Além disso, o imunizante será administrado na Cidade do México e no estado de Coahuila, no norte do país, devido ao congelamento e à logística que a preservação do medicamento exige.

O chanceler mexicano Marcelo Ebrard havia informado na terça-feira (22/12)  que chegarão da Bélgica 1,4 milhão de doses das 34,4 milhões que as farmacêuticas prometeram entregar em acordo com o governo. Além disso, o país também tem acordos preliminares de compra com o projeto sino-canadense CanSinoBio, para 35 milhões de doses, e com a britânica AstraZeneca, para 77,4 milhões de doses, além de fazer parte do mecanismo internacional COVAX, que permite comprar 51,6 milhões de vacinas adicionais.

O México, com 129 milhões de habitantes, registra mais de 118.600 mortes e 1,3 milhão de infecções pelo novo coronavírus, segundo dados oficiais.

ARATU

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar