Cotidiano

Bolsonaro chama Mourão de “palpiteiro” e diz que só presidente troca ministros

Após o vice-presidente da República Hamilton Mourão ter citado sobre uma possível reorganização no governo e ter dito que o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, pode ser um dos nomes que deixarão o governo, o presidente Bolsonaro afirmou que quem troca ministro é ele.

“Se alguém quiser escolher ministro, se candidate em 22 e boa sorte em 23”, disse em conversa com apoiadores nas proximidades do Palácio da Alvorada nesta quinta-feira (28).

A declaração de Bolsonaro vem na semana que Mourão lamentou a falta de diálogo com Bolsonaro e disse que não está certo sobre possível manutenção da chapa em 2022, caso Bolsonaro se candidate à reeleição.

“Não estou sabendo, não. Tem que perguntar pra ele. Mas obrigada pela pergunta aí”, disse Bolsonaro em resposta a uma apoiadora. “Quem troca ministro é presidente da República, certo? Agora é difícil governar o Brasil. Não é fácil, mas tudo bem. Não vou responder essa pergunta não”, pontuou o presidente.

“O vice falou que eu estou para trocar o chefe do Itamaraty. Quero deixar uma coisa bem clara. Tenho 22 ministros efetivos e um que é interino. Aí que nós podemos ter realmente um nome diferente ou a efetivação do atual. Nada mais além disso”, afirmou Bolsonaro.

“Eu lamento que gente do próprio governo passe a dar palpites no tocante a troca de ministros. O que nós menos precisamos é de palpiteiro no tocante a formação do meu ministério. Deixo bem claro: todos os 23 ministros eu que escolho e mais ninguém e ponto final”, cutucou Bolsonaro.

Varela

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo