Cotidiano

Servidora é afastada após fingir vacinar idosa contra a Covid-19 em Alagoas

No dia de início da vacinação para idosos a partir de 85 anos em Maceió, capital de Alagoas, a conduta de uma servidora da saúde chamou atenção e gerou muita polêmica.

No momento da aplicação da vacina contra a Covid-19, a servidora não injetou o imunizante e fingiu vacinar uma idosa de 97 anos. Tudo foi gravado por um celular e logo o vídeo viralizou nas redes sociais.

O prefeito da cidade, João Henrique Caldas, conhecido por JHC, disse, pelo Twitter, que a idosa se chama Lyzete e que o caso foi um fato isolado.

“Por causa disso, ordenei a mudança no protocolo de vacinação de Maceió. A partir de agora, o profissional de saúde terá que mostrar a seringa cheia antes da aplicação e vazia após o procedimento”, afirmou.

Após fingir a aplicação na idosa que estava em cadeira de rodas, a servidora foi afastada. Em nota, a Prefeitura de Maceió informou que, após a falha, uma equipe de saúde vacinou a idosa. “Informamos que foi determinado o afastamento da profissional envolvida, abertura de processo administrativo para investigação do caso e o acionamento do Ministério Público Estadual para uma apuração transparente do ocorrido”.

CNN

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo