Cotidiano

Criminosos usam falso agendamento de vacina para aplicar golpes no WhatsApp

O golpe do WhatsApp ganhou um novo enredo após o início da campanha de imunização contra a Covid-19. Criminosos têm se passado por membros do Ministério Público, do Ministério da Saúde ou outros funcionários públicos para forjar agendamento de vacinação contra o vírus.

Na tentativa de clonar as contas no aplicativo de mensagens instantâneas, os golpistas pedem dados pessoais, enviam um código por SMS e ainda induzem a vítima a clicar em links. Essas ações levam à ativação da conta da vítima no WhatsApp em outro celular.

Autoridades de diferentes partes do Brasil já emitiram alertas para a população, reforçando que a população deve ficar atenta e confiar apenas em informações divulgadas pelos canais oficiais das instituições públicas que atuam no enfrentamento à pandemia de Covid-19. As informações são da Veja.

Em caso de clonagem ou tentativa de clonagem de contas de WhatsApp, a vítima deve registrar um boletim de ocorrência em delegacias da Polícia Civil. Os prints da conversa funcionam como prova. Também é possível acionar o suporte do WhatsApp e pedir bloqueio da conta.

Bahia.Ba

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo