CotidianoEntretenimento

No Encontro, Lucas se recusa a falar de Karol e Projota, mas detona Nego Di: ‘Oportunista’

O ator Lucas Penteado deu a primeira entrevista no Encontro com Fátima Bernardes após pedir para deixar o Big Brother Brasil 21. “Muito obrigado ao Brasil pelo acolhimento”, iniciou. O artista repetiu que estava na competição para realizar o sonho da mãe de ter uma residência própria. “O filho dessa dona de casa quer que a mãe dele tenha um lugar digno para ela se aposentar”, declarou. Para ele, a rejeição de Lumena após o beijo em Gilberto foi determinante para sua decisão. “A não aceitação de uma semelhante foi avassalador. Já havia sentido uma energia ruim, foi o momento crucial. Uma ‘vozinha’ dentro de mim já tava dizendo para sair”, relembrou.

 

“Independente da opressão que vivemos, também existe a reprodução da opressão. Ela não me perguntou em  momento algum quem era eu. Eu compreendo o que aconteceu ali. O conselho que eu ia pedir [para Lumera] era: ‘o que eu faço quando sair daqui? O que eu faço para ser tão corajosa como você, uma menina preta, de periferia, lésbica…'”, disse.

 

Em determinado momento, a jornalista pediu para ele falar dos seus desafetos dentro da casa. “Não vou citar nomes, atacar pessoas. Prego o amor. Acredito que é a única coisa que pode funcionar. Não quero falar do Projota e da Karol Conká. Existem muitas leituras dos acontecimentos. Gostaria muito que eles saíssem e assistissem tanto ao programa quanto as reações das pessoas aqui fora. O Brasil todo espera que seja uma estratégia muito errada deles”, assegurou.

 

Contudo, confessou a decepção com Nego Di. “É um oportunista assustador. É um cara que magoou muito, não esperava isso. Não vou deixar meus princípios de lado por R$ 1,5 milhão. Uma pessoa que conseguiu abalar o convívio das 20 pessoas foi ele”, atacou.

 

Quanto aos seus erros, ele disse: “Talvez eu tenha metido os pés pela mãos. Acredito muito na união do povo preto. Achei que seria o único preto e vi sete semelhantes e queria isso na final. Não mudaria nada, porque fui eu, mas o eu que sou agora não cometeria os mesmos erros”, confessou. Por fim, Fátima relembrou a cena em que Karol pediu para Lucas sair da mesa e ele se emocionou. “Todo momento eu pensava na minha mãe porque doeu nela em dobro. Pensei: ‘até que ponto vale a pena para minha sanidade mental?’ E então eu sai”, finalizou.

BN

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo