Cotidiano

‘Não adianta ficar em casa chorando’, opina Bolsonaro sobre medidas de isolamento

O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a menosprezar as medidas de isolamento contra o coronavírus e defendeu a volta ao trabalho para movimentar a economia nacional.

“A vida continua, temos que enfrentar as adversidades”, disse o dirigente em uma live realizada ontem (11). “Não adianta ficar em casa chorando, não vai chegar a lugar nenhum”, completou.

Esse posicionamento é justificado pela necessidade, segundo ele, da economia retomar para o Brasil poder progredir. “Vamos respeitar o vírus, voltar a trabalhar, porque sem a economia não tem Brasil”, pediu.

Ontem (11), o Brasil registrou o maior número de mortes pela Covid-19 em 24 horas: 1.452. No total, foram 236.397 óbitos desde o início da pandemia, segundo o consórcio de veículos de imprensa. Além disso, a média móvel de falecimentos também bateu o recorde de 1.073, a mais alta do ano.

Metro1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo