destaquePolítica

Líder do Centrão critica Bolsonaro mas rejeita desembarque do governo

O líder do chamado bloco do Centrão, e um dos principais aliados do governo federal, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) criticou o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) pela gestão da pandemia.

Em entrevista para o jornal Folha de S.Paulo, o parlamentar afirma que o presidente “perdeu a narrativa” da vacina contra a Covid-19 e não está em um bom momento no seu mandato.

“Não está num momento bom. Ele perdeu a narrativa da vacina. Ele vinha muito bem. Até porque, na minha opinião, nunca tivemos um governo que desse tanta assistência e suporte a governos, população, empresas, como o presidente agora. Sua narrativa da vacina, do isolamento social, da máscara, foi um erro, que acabou afetando sua imagem, com certeza”, disse Nogueira que apesar das críticas, reiterou o apoio do bloco a uma possível candidatura para a reeleição de Bolsonaro.

“Não vejo a menor perspectiva de não estarmos com ele. Vamos estar agora e em 2022”, afirmou.

Na avaliação de Ciro, que se posicionou de forma contrária a abertura da CPI da pandemia e a um possível impeachment de Bolsonaro. o presidente irá se beneficiar eleitoralmente do processo de vacinação da população, mesmo com o antagonismo de prefeitos e governadores que buscam autonomia nos seus estados e municípios.

“Vejo que quem vai vacinar a população é o Bolsonaro. As pessoas vão lembrar quem foi que vacinou. Quem foi o governador que vacinou? Eles falam de vacina, mas não vejo ninguém comprando. Quem vai vacinar a população é o Bolsonaro. Quando tiver a retomada econômica, as pessoas vão reconhecer o trabalho desse governo. Quem elege o presidente da República é a economia. Então, se a economia estiver bem, o presidente vai ganhar a eleição com certa facilidade.”, declarou

 

Por: A TARDE

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo