Saúde

Crítico do ‘tratamento precoce’, médico é anunciado por Queiroga como coordenador de protocolos contra Covid-19

O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou ontem (24), em uma coletiva, o médico Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho, como coordenador de um grupo sobre protocolos de combate à Covid-19, um grande crítico do “tratamento precoce”. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

Carvalho é um dos maiores críticos do uso da cloroquina para tratar o coronavírus, já que o remédio não tem eficácia comprovada contra a doença. Ele já chegou a compará-la com novalgina, indicando que remédios que compõem o “tratamento precoce” são tão ineficazes quanto o analgésico para o tratamento do vírus. O uso do medicamento é incentivado pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) e pelo antigo comandante da pasta, Eduardo Pazuello.

Segundo a coluna, Queiroga solicitou que os protocolos usados no Hospital das Clínicas e no InCor fossem levados a todo o Brasil. Em entrevista ao Painel, o médico reforçou que, apesar de ter sido anunciado pelo ministro, ele não terá um cargo específico.

“Me comprometi a ajudar nesse momento crítico. Não farei parte de ministério. Coordeno a teleUTI do InCor HCFMUSP (Hospital da Faculdade de Medicina da USP), tendo realizado mais de 7 mil atendimentos em diferentes hospitais públicos do estado de SP. Nesse sentido, capacitação de equipes e teleconsultoria, disse que poderia contribuir”, explicou Carvalho.

Por: Metro 1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo