esportes

Ba-Vi no Nordestão? Duelo baiano só ocorrerá numa eventual final

Como bom baiano e amante do futebol você quer ver mais um Ba-Vi pela Copa do Nordeste, certo? Então vai precisar segurar um pouquinho a onda: o clássico estadual ainda pode, sim, acontecer. Porém, apenas numa eventual final do torneio.

Como Bahia e Vitória terminaram como segundos colocados dos grupos A e B, respectivamente, do regional, a dupla acabou em chaves diferentes na segunda fase (veja o chaveamento completo abaixo). Nas quartas de final, o rubro-negro enfrentará o Altos. Já o Esquadrão pegará o CRB.

Os duelos serão em jogo único, com decisão nos pênaltis em caso de empate. Segundo o regulamento do Nordestão, ambos jogarão em Salvador – Bahia em Pituaçu e o Vitória no Barradão. Os duelos ocorrerão no próximo final de semana, no sábado (17) ou no domingo (18).

As datas e os horários serão divulgados segunda-feira (12) pela CBF. O tricolor deve jogar no sábado, por causa do compromisso fora de casa, já marcado, pela Copa Sul-Americana, na terça-feira (20). O adversário será o Torque ou o Fénix, ambos do Uruguai – eles ainda vão fazer o jogo de volta da primeira fase na quarta-feira (14) e quem classificar entra na fase de grupos.

Por conta da viagem até Montevidéu, será preciso respeitar o intervalo de três dias entre uma partida e outra do Esquadrão. Com isso, o Vitória deve jogar no domingo.

Só um clássico

Bahia e Vitória não são os únicos rivais separados na segunda fase do Nordestão. O mesmo ocorreu com a dupla cearense: o Ceará terminou em primeiro no grupo A e caiu na mesma chave do Leão. Já o Fortaleza, líder do B, foi parar no mesmo lado do Bahia.

Portanto, diferentemente do que ocorreu em 2020, quando se encontraram na semifinal, com o Vozão vencendo, o Clássico-Rei também só ocorreria numa final. Nas quartas, o Ceará receberá o Sampaio Corrêa, que terminou a primeira fase em 4º no grupo A, enquanto o Fortaleza terá a visita do CSA, que terminou na mesma posição no grupo B.

Um clássico estadual antes da final só seria possível entre os alagoanos CRB e CSA, numa eventual semifinal. Para tanto, o Galo teria que passar pelo Bahia, enquanto o Azulão precisaria vencer o Fortaleza, ambos fora de casa.

Assim como as quartas de final, as semifinais também ocorrerão em jogo único com possível decisão nos pênaltis em caso de empate. O duelo será na casa do time de melhor campanha na primeira fase. Portanto, Bahia e Vitória só jogariam em Salvador nesse caso contra Sampaio Corrêa e CSA, respectivamente.

Lembrando que o clássico Ba-Vi foi o único da região a já ter decidido a Copa do Nordeste, e mais de uma vez: em 1997, 1999 e 2002. Nas duas primeiras ocasiões, deu Vitória. Na última, deu Bahia.

A última vez que Bahia e Vitória se enfrentaram pela fase de mata-mata do Nordestão foi em 2017, quando se encontraram pelas semifinais, à época decididas em dois jogos. O Leão venceu no Barradão por 2×1, mas o Esquadrão devolveu com um 2×0 na Fonte Nova e acabou campeão daquela edição sobre o Sport.

As campanhas

O Bahia terminou a primeira fase com quatro vitórias, um empate e três derrotas, 13 pontos no total. A última vitória veio de virada, sobre o ABC, por 2×1, no último sábado (10), em Pituaçu. O Ceará, líder, terminou com 16 pontos e único time invicto da competição.

O CRB terminou em terceiro no grupo A, o mesmo do Bahia, com os mesmos 13 pontos. A campanha, no entanto, teve menos derrotas e vitórias: o time alagoano ganhou três vezes, empatou quatro e perdeu apenas uma.

Por estarem no mesmo grupo, Bahia e CRB não se enfrentaram na primeira fase – o regulamento prevê duelos entre times de grupos diferentes. Quando enfrentou o Vitória em Salvador, o CRB saiu com um empate em 1×1.

Se passar pelo CRB, o tricolor de Dado Cavalcanti enfrentará equipes que o venceram na primeira fase. O Bahia perdeu tanto para o Fortaleza, por 2×1 no Castelão, como para o CSA, por 2×0 no Rei Pelé.

Já o Vitória terminou com os mesmos 13 pontos, quatro atrás do líder do grupo B, o Fortaleza, que fez 17 – a melhor campanha no quadro geral da competição. O Leão venceu três vezes, empatou quatro e perdeu apenas uma, para o Ceará. No último duelo, no sábado (10), o rubro-negro empatou em 1×1 com o 4 de Julho, fora de casa.

O Altos, adversário do rubro-negro nas quartas, disputará pela primeira vez a segunda fase da Copa do Nordeste, apesar de ter participado frequentemente da competição desde 2017. Na primeira fase, o time piauiense veio a Salvador para enfrentar o Bahia, e perdeu por 5×0 em Pituaçu.

O Altos, que terminou com 11 pontos, é o único time da Série C nas quartas de final. Todos os demais são da segunda divisão – Sampaio Corrêa, CRB, CSA e Vitória – ou da Série A do Brasileiro – Ceará, Bahia e Fortaleza.

Por: Correio 24h*

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo