dados estatísticosdestaque

Disputa entre facções faz crescer circulação de fuzis na Bahia

A apreensão de armamentos pesados têm crescido na Bahia. Armas como fuzis, pistolas e granadas passaram a fazer parte do arsenal de criminosos e a Polícia Rodoviária Federal atribui isto ao acirramento da disputa de territórios por facções criminosas em várias áreas de Salvador. Estas armas estariam sendo enviadas por quadrilhas de outros estados, como Rio de Janeiro, para abastecer os grupos daqui.

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP) registrou um aumento de 113% nas apreensões de fuzis no estado em 2020, em número comparado a 2019. Foram 49 armas do tipo retiradas das ruas ano passado, enquanto, em 2019, ações policiais localizaram 23 fuzis. Parte das armas que chegam à Bahia cruzam as rodovias do estado, através do tráfico internacional.

Por: Metro 1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo