Política

Carlos Bolsonaro perde foro privilegiado e pode ser investigado pelo MP em caso de ‘rachadinha’

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), perdeu o foro privilegiado após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que declarou como inconstitucionais trechos da Constituição do Estado do Rio que garantia o benefício aos vereadores.

Investigado por um suposto esquema de “rachadinha” no seu gabinete, que havia sido remetido para a Procuradoria-Geral da República (PGR) por conta do foro privilegiado, Carlos Bolsonaro poderá ser novamente investigado pelo Ministério Publico do Rio, autor da investigação.

Em nota, o MP do Rio afirmou que “o caso está sob sigilo, razão pela qual não é possível fornecer qualquer informação”.

Por: A TARDE

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo