destaqueEconomia

Carne bovina: consumo mundial deve bater recorde em 2021

O consumo mundial de carne bovina deve bater recorde em 2021, totalizando mais de 60 milhões de toneladas em equivalente carcaça. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) revisou para cima, em abril, a expectativa para o ano.

Em 2021, o consumo mundial deve somar o equivalente a 60,04 milhões de toneladas que, se confirmado, representa um ganho de 1,6% em relação ao consumo observado em 2020 (59,06 milhões de toneladas). A demanda por carne bovina deve crescer quase 1 milhão de toneladas em equivalente carcaça de 2020 a 2021.

O aumento do consumo mundial de carne bovina tem se dado, principalmente, pela China. A demanda chinesa deve somar 10,08 milhões de toneladas em equivalente carcaça, alta de 6,3% frente a 2020 (9,48 milhões de toneladas) e atrás apenas dos Estados Unidos, maior consumidor mundial, com perspectiva de 12,52 milhões de toneladas.

Entre 2017 e 2021 o crescimento esperado do consumo de carne bovina chinês é de 39,4%, variando de 7,23 milhões de toneladas a 10,08 milhões de toneladas.

Carne bovina no Brasil

Por outro lado, a demanda no mercado interno brasileiro segue caindo em 2021, informa a FarmNews. O registro negativo, apesar da leve recuperação frente a 2020, deve seguir abaixo do que foi observado entre os anos de 2017 a 2019. A expectativa é que o consumo de carne bovina no Brasil some 7,73 milhões de toneladas, valor abaixo do recorde observado em 2019, de 7,93 milhões de toneladas.

Além do Brasil, o consumo na União Europeia tem caído, ainda que ligeiramente. Isso porque em 2021 é esperado uma demanda total de 7,69 milhões de toneladas, o menor valor ao longo dos últimos 5 anos.

Mas com a perspectiva de aumento da demanda por carne bovina no mundo, as exportações devem alcançar nova máxima histórica em 2021, o que reflete na expectativa de forte aumento das vendas pelo Brasil.

Por: Canal Rural

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo