Curiosidades

198 municípios baianos não registram óbitos por Covid-19 há 15 dias

Cento e noventa  e oito cidades baianas das quatrocentas e dezessete  já não registram óbitos por covid-19 há pelo menos 15 dias e quatro outras não apresentam novos casos da doença. A taxa de ocupação de leitos de UTI estava em 53% em todo o Estado ontem, terça-feira, 27. A subsecretária de saúde da Bahia Tereza Cristina Paim destaca que com o “avanço da vacinação podemos ver um novo panorama e a região que mais preocupa no momento é a sudoeste com 83% de taxa de ocupação em leitos de UTI. Outro detalhe importante é que o vírus continua circulando e os cuidados precisam ser mantidos”.

“Além da vacinação esse é o reflexo das discussões diárias com o governador Rui Costa, secretários municipais, dos importantes Decretos e os cuidados para conter o vírus, esses resultados são fruto do  trabalho. Mas é importante destacar que o vírus continua circulando”, comenta Tereza Paim, subsecretária de saúde da Bahia.

Embora as taxas demonstrem que a situação está controlada no momento, não podemos esquecer que o vírus circula e ninguém está livre ainda de contrair a doença e o alerta é o número de casos ativos.

“Temos cerca de 7 mil casos ativos no Estado, isso significa que o vírus continua se espalhando e precisa ser controlado, mas realmente a taxa de internação hospitalar e a mortalidade baixaram consideravelmente. Como já falei, as ações como a vacinação e os Decretos foram essenciais e temos agora a diminuição de casos e da mortalidade”, diz Paim.

Mas Paim pede muita cautela, embora há 15 dias 198 cidades não registraram óbitos é importante destacar que no sistema as mortes demoram um pouco a aparecer.

“Ocorre o óbito, depois o médico dá a declaração do óbito e essa declaração vai com cópia para o município, então é inserido no sistema de informação de mortalidade e então vem para a vigilância da Sesab , a partir daí  fazemos a estatística e finalmente a notificação . Somente após a notificação é liberado como morte . Por isso, quando fazemos a pesquisa no gráfico alguns óbitos são de dias atrás, às vezes são do mês anterior, assim temos que ter cuidado pois paciente internado pode vir a falecer”.

Em relação aos novos casos de registros de Covid, o trabalho é realizado também diariamente e então é  constatado a situação de cada município. Sem registro de Covid atualmente os gráficos mostram: Souto Soares (14 dias), São José do Jacuípe (19), Pintadas (15) e Lafaiete Coutinho (14).

“São 24 horas atualizando informações e nesse momento sim tempos quatro (4) municípios sem registrar novos casos há cerca de duas semanas. Temos aprendido bastante com a pandemia e temos verificado, entretanto, que nada é tão pleno”, relata Tereza.

A curva no Estado é decrescente e os pacientes agora demoram poucas horas para conseguir uma regulação. A média de acordo com a subsecretária é de 10 a 20 pacientes em 24 horas.

“Quero destacar que a população não está totalmente vacinada, estamos com cerca de 56%  da população vacinada , mas é preciso avançar mais principalmente com a segunda dose. A população não pode esquecer de procurar pela segunda dose da vacina. Precisamos de pelo menos 70% da população imunizada com as duas doses para ter resultados mais eficientes”.

Das nove regiões de saúde da Bahia,  apenas uma não está abaixo dos 70% de ocupação que é a Sudoeste. Para Paim é preciso que as pessoas da região continuem cumprindo os protocolos e sigam as orientações de vacinação.

Por: TRIBUNA DA BAHIA

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo